PT leva Unitel a tribunal nos EUA

Guerra aberta entre a PT e a angolana Unitel. A PT Ventures, que era acionista da Unitel em 25% até que esta participação passou para a Oi, abriu três processos judiciais contra a Unitel nos EUA.

A PT Ventures, a unidade da PT que era acionista da angolana Unitel em 25% antes de esta participação passar para brasileira Oi, abriu três processos judiciais nos EUA contra a empresa angolana. Segundo o Diário Económico, um dos processos está relacionado com o facto de a Unitel não deixar, desde a fusão, a PT Ventures nomear administradores para o conselho de administração.

O Diário Económico cita os comunicados enviados ao regulador do mercado americano, a Securities and Exchange Commission (SEC), onde a PT Ventures pede a anulação da nomeação do conselho de administração que tomou posse após a assembleia-geral de dezembro de 2014. Um segundo processo, em Angola, pretendia que fosse, também, anulado um aumento de capital da Unitel que acabou por não avançar.

A PT Ventures quer responsabilizar juridicamente a Unitel em outros aspetos, nomeadamente questões relacionadas com decisões de investimento no Zimbabué e com um estudo para aplicar uma reorganização corporativa na Unitel a que “a Oi não teve acesso aos detalhes”, acrescenta o Diário Económico. Todas estas questões juntam-se à guerra que se prolonga entre os acionistas desde que a Unitel passou a recusar distribuir dividendos à PT.

 Fonte: Observador

Partilhar