Diogo Simões Pereira vai ser o novo presidente executivo da PT Portugal

Nomes da comissão executiva serão formalmente anunciados na próxima semana, confirmou o Económico junto de fonte conhecedora do processo.

Diogo Simões Pereira, actual diretor geral da Associação Empresários pela Inclusão (EPIS), vai ser o novo presidente executivo da PT Portugal, comprada pela francesa Altice, disseram fontes ligadas ao processo à Lusa.

Diogo Simões Pereira ocupa actualmente as funções de director geral da EPIS, associação onde o actual ministro da Economia, António Pires de Lima, presidiu à direcção de 2010 a 24 Julho de 2013, dia em que tomou posse como governante.

Outras fontes adiantaram que todos os elementos da equipa de gestão da PT Portugal deverão ser formalmente anunciados a partir de meados da próxima semana.

Esta informação foi confirmada pelo Económico junto de fonte conhecedora do processo mas não foi possível confirmar o nome avançado pela Lusa para a presidência-executiva da empresa.

O futuro presidente executivo da PT Portugal é director geral da Associação EPIS desde a sua fundação em 2006, tendo sido director geral dos recursos humanos da educação entre Setembro de 2004 e Maio de 2007, segundo informação no 'site' da EPIS.

Trabalhou na empresa de consultoria McKinsey & Company entre 1991 e 1998, integrou a equipa de directores que lançou a Optimus em 1998, onde liderou equipas de 'marketing' e vendas de empresas e de 'mass market', entre 1998 e 2000, assumindo mais tarde funções de administração nas empresas de telecomunicações Novis e Oniway, também nas áreas de negócio, ainda segundo a página de internet.

É consultor de empresas em vários sectores de actividade económica (serviços financeiros, telecomunicações, têxteis, cimentos, formação executiva) e de organismos públicos e do sector social, nas áreas da Educação, Juventude e Inclusão Social.

Fez ainda parte do conselho consultivo da "Futurália - feira da qualificação, juventude e emprego" (FIL), entre 2008 e 2010.

Diogo Simões Pereira licenciou-se em engenharia civil pelo Instituto Superior Técnico em 1991 e obteve o grau de 'Master Business of Administration (MBA)' pelo INSEAD, Fontainebleau, França, em 2004.

Depois da Lusa ter avançado em Maio que o acionista da Altice e dono de 30% da empresa francesa Armando Pereira é presidente do conselho de administração da PT Portugal, sabe-se agora o aguardado nome do novo presidente executivo da dona do Meo, que foi adquirida pela Altice em Junho.

Diogo Simões Pereira junta-se assim à equipa de gestão da operadora de telecomunicações que já integra o ex-director-geral da Cabovisão, João Zúquete da Silva, para funções de suporte, como recursos humanos, questões jurídicas e logística, o antigo presidente executivo da Oni, Alexandre Fonseca, como Chief Technology Officer (CTO), ou seja, o responsável pela área tecnológica, Guy Pacheco, que era director de planeamento e controlo na PT desde 2001 e agora administrador financeiro (CFO), Luís Nascimento, como director para a área de consumo, e Mário Seborro, para a direção da área empresarial, este últimos segundo noticiou o Negócios.

Contactada pelo Económico, fonte da Altice disse não fazer quaisquer comentários.

Fonte: Económico

Partilhar