Portugal entre os países com menos empregos disponíveis

Taxa de empregos vagos em Portugal estabilizou face ao último trimestre do ano passado.

A taxa de empregos vagos em Portugal manteve-se em 0,6% no primeiro trimestre do ano, o mesmo valor apontado para os últimos três meses de 2014 e uma décima acima do registo no início de 2014.

De acordo com os dados do Eurostat divulgados hoje, só a Letónia apresenta um valor inferior no arranque do ano, com 0,5% (a Polónia apresenta o mesmo dado, mas ainda referente ao último trimestre de 2014).

No topo da tabela continua a Alemanha: a taxa de empregos vagos fixa-se em 2,9%, apesar de ter chegado aos 3,2% no final do ano passado. Reino Unido (2,4%), Bélgica e Suécia (2,1% em ambos os casos) ocupam os lugares seguintes, indicam os dados não ajustados de sazonalidade publicados hoje.

A média europeia manteve-se inalterada (1,7%) enquanto os dados para a zona euro recuaram uma décima (para 1,7%) face ao trimestre anterior. A taxa de empregos vagos é mais visível nos serviços e Portugal não é excepção. Por cá, a taxa fica em 1% nos serviços e em 0,5% na indústria e construção.

Fonte: Económico

Partilhar